quinta-feira, 21 de junho de 2012

pré-saudade: parte IV


Ele não aprendeu a não retribuir meu sorriso. Já tentou ficar sério, já tentou bufar e ficar bravo. Eu sorrio para ele, ele sorri para mim. Nem sempre é imediato, mas o sorriso vem. E vem largo.

Não raros são os dias que os sorrisos vêm em gargalhadas. É como garoa que ameaça cair e vira temporal. Inunda o quarto de riso até quase faltar ar. Acredito que ele conte as piadas mais sem graça porque sabe que são as minhas favoritas. E que me provoque com danças exóticas porque não resisto. Acredito que ele me atiça o riso já pensando em rir junto.

Nós temos essas intimidades entre os lábios, se não estão colados estão se paquerando, mostrando alegria. Eu sou alegre com ele e vejo nele a mesma felicidade, inclusive nas risadas trancadas quando bufa ou fica bravo.

Ele não aprendeu a me enganar. Meu amor quando sequestra o riso pela boca, sorri com os olhos. Eu sorrio, o olho dele brilha. Quando ele sorri depois, é convite de festa. É traje de gala em forma de pijama, sapatos lustrados em forma de meia, brinde e discurso em forma de declaração de amor.

Eu sou devota do riso dele.
Crente de toda a alegria.

Decorei o riso dele pra usar quando eu sorrir. Fecho os olhos, a risada vem. Lembrança é isso, um abraço da memória na saudade. 






Aonde Quer Que Eu Vá 
Os Paralamas do Sucesso

Olhos fechados
Pra te encontrar
Não estou ao seu lado
Mas posso sonhar

Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar
Aonde quer que eu vá
Aonde quer que eu vá

Não sei bem certo
Se é só ilusão
Se é você já perto
Se é intuição

Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar
Aonde quer que eu vá
Aonde quer que eu vá

Longe daqui
Longe de tudo
Meus sonhos vão te buscar
Volta pra mim
Vem pro meu mundo
Eu sempre vou te esperar

Não sei bem certo
Se é só ilusão
Se é você já perto
Se é intuição

Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar
Aonde quer que eu vá
Aonde quer que eu vá

Longe daqui
Longe de tudo
Meus sonhos vão te buscar
Volta pra mim
Vem pro meu mundo
Eu sempre vou te esperar



Um comentário:

Camila disse...

Está emocionante a série de saudade esta semana. Sou tua fã!
bjs